Meu Perfil
BRASIL, Sudeste, CARAPICUIBA, CHACARA VALE DO RIO COTIA, Homem, de 46 a 55 anos, Portuguese, English, Informática e Internet, Livros, Cães (3)
MSN - luizmarquart@msn.com







www.g1.com.br

Histórico
 23/09/2007 a 29/09/2007
 09/09/2007 a 15/09/2007
 02/09/2007 a 08/09/2007
 19/08/2007 a 25/08/2007
 12/08/2007 a 18/08/2007
 05/08/2007 a 11/08/2007
 29/07/2007 a 04/08/2007
 22/07/2007 a 28/07/2007
 15/07/2007 a 21/07/2007
 08/07/2007 a 14/07/2007
 01/07/2007 a 07/07/2007
 03/06/2007 a 09/06/2007
 27/05/2007 a 02/06/2007
 20/05/2007 a 26/05/2007
 13/05/2007 a 19/05/2007
 06/05/2007 a 12/05/2007
 22/04/2007 a 28/04/2007
 15/04/2007 a 21/04/2007
 08/04/2007 a 14/04/2007
 01/04/2007 a 07/04/2007
 25/03/2007 a 31/03/2007
 11/03/2007 a 17/03/2007
 18/02/2007 a 24/02/2007
 04/02/2007 a 10/02/2007
 14/01/2007 a 20/01/2007
 07/01/2007 a 13/01/2007
 31/12/2006 a 06/01/2007
 24/12/2006 a 30/12/2006
 26/11/2006 a 02/12/2006
 29/10/2006 a 04/11/2006
 01/10/2006 a 07/10/2006
 24/09/2006 a 30/09/2006
 10/09/2006 a 16/09/2006
 23/07/2006 a 29/07/2006
 21/05/2006 a 27/05/2006
 23/04/2006 a 29/04/2006
 26/03/2006 a 01/04/2006
 19/03/2006 a 25/03/2006
 05/03/2006 a 11/03/2006
 26/02/2006 a 04/03/2006
 15/01/2006 a 21/01/2006
 01/01/2006 a 07/01/2006
 18/12/2005 a 24/12/2005
 04/12/2005 a 10/12/2005
 13/11/2005 a 19/11/2005
 06/11/2005 a 12/11/2005
 30/10/2005 a 05/11/2005
 23/10/2005 a 29/10/2005
 16/10/2005 a 22/10/2005
 09/10/2005 a 15/10/2005
 02/10/2005 a 08/10/2005
 25/09/2005 a 01/10/2005
 28/08/2005 a 03/09/2005
 21/08/2005 a 27/08/2005
 07/08/2005 a 13/08/2005
 24/07/2005 a 30/07/2005
 19/06/2005 a 25/06/2005
 22/05/2005 a 28/05/2005
 01/05/2005 a 07/05/2005
 17/04/2005 a 23/04/2005
 03/04/2005 a 09/04/2005
 27/03/2005 a 02/04/2005
 20/03/2005 a 26/03/2005
 06/03/2005 a 12/03/2005
 27/02/2005 a 05/03/2005
 13/02/2005 a 19/02/2005
 06/02/2005 a 12/02/2005
 30/01/2005 a 05/02/2005
 02/01/2005 a 08/01/2005
 26/12/2004 a 01/01/2005
 19/12/2004 a 25/12/2004
 12/12/2004 a 18/12/2004
 05/12/2004 a 11/12/2004
 28/11/2004 a 04/12/2004
 21/11/2004 a 27/11/2004
 14/11/2004 a 20/11/2004
 07/11/2004 a 13/11/2004
 31/10/2004 a 06/11/2004
 24/10/2004 a 30/10/2004
 17/10/2004 a 23/10/2004


Categorias
Todas as mensagens
 Link
 Evento
 Citação
 EUA - estado x religião
 Ecumenismo
 Natureza dá sinais
 EUA: decadência
 Igreja Católica


Votação
 Dê uma nota para meu blog


Outros sites
 FreeTranslation - traduza textos do inglês para português
 Ministério Cristo Vai Voltar
 IGREJA DE MOEMA
 CASA CPB Casa Publicadora Brasileira
 Biblical Perspectives - Ph. D. Samuele Bacchiocchi
 Biblical Research Intstitute (vejam seção perguntas e respostas)
 BibleGateway (Bíblia em diversas línguas e versões)
 Babylon - Tradutor inglês-português e outras língua
 Advir - lições e comentários esc. sabatina, imagens, novidades, música...
 Adventist Review (semanal / similar n/Revista Adventista)
 Adventist Book Center (loja virtual com livros, bíblias, multimídia...)
 UOL - O melhor conteúdo
 Bloglines - RSS
 Blogline It's Time For Jesus
 Google Earth - imagens de todo o mundo
 Livros on-line: espírito de profecia e outros
 Ciência Religião Mídia por Michelson Borges
 Criacionismo SCB Soc. Criacionista Bras.
 Portas Abertas - servindo cristãos perseguidos


 
@ EH TEMPO DOS SINAIS @


O ateu deselegante

http://www1.folha.uol.com.br/fsp/mais/fs2309200701.htm

Classificação:

O biólogo Richard Dawkins comenta o livro e a turnê anti-religião de Christopher Hitchens, que desembarca no Brasil em novembro para lançar "Deus Não É Grande" Texto disponível para assinantes UOL.



Categoria: Link
Escrito por Luiz J. Marquart às 09h16
[] [envie esta mensagem]



Pope Lauds Austria Catholics for Faith in a Secular Society

September 9, 2007

Pope Lauds Austria Catholics for Faith in a Secular Society

MARIAZELL, Austria, Sept. 8 — In increasingly secular Austria, some 40,000 committed Roman Catholics drove for hours and stood in the mud and rain on Saturday to see Pope Benedict XVI here. He, in turn, praised such nonconformity, saying Europe still needs what he called the truth of Catholicism.

“This attitude of resignation with regard to truth lies at the heart of the crisis in the West, the crisis of Europe,” the pope said at an outdoor Mass at the shrine to the Virgin Mary here, celebrating its 850th anniversary. “If truth does not exist for man, then neither can he ultimately distinguish between good and evil.

“And then the great and wonderful discoveries of science become double-edged,” he added. “They can open up significant possibilities for good, for the benefit of mankind. But also, as we see only too clearly, they can pose a terrible threat, involving the destruction of man and the world.

“We need truth,” the 80-year-old pope said, on the second day of his trip to Austria.

A central beam of Benedict’s two-year papacy has been to revive the faith in Europe, and the daylong event here was a good example of how he has been trying to do it. He appeals largely to devout and conservative believers, with the hope that they will form what he has termed a “creative minority” that will re-energize a more unified church.

To do so in a secular society may require nonconformism, he told an audience that had largely made that choice.

But the difficulty of the pope’s challenge is symbolized in many ways here in Austria, where many Catholics are angry over two sex scandals involving the clergy. Austria also is home to many Roman Catholics seeking change, whom Benedict rarely engages.

Another difficulty is summed up in his appeals to the truth of Catholicism: the pope has faced much criticism — on a continent where much rides on the coexistence of religions and ethnicities — for proclaiming the truth of Catholicism so absolutely.

In his homily, Benedict took issue with that criticism. “This does not mean that we despise other religions, nor are we arrogantly absolutizing our own ideas,” he said. Nor did it mean, he said, a lapse into intolerance or violence, though he candidly called any such fear “historically well grounded.”

By the standards of papal trips, the crowd here in the cold and rain was small. In Poland last year, more than a million people attended each Mass with Benedict. But the Vatican has played down the turnout, saying that the room for pilgrims here and at the places where he is scheduled to appear is limited.

Silvia Vodrazkova, 20, traveled 10 hours with a school group from Slovakia, saying that she felt that the pope is “teaching us the beauty of the faith.”

As the pope arrived, his image beamed out over huge video screens around the sanctuary to a lime-wood statue of Mary. Hildegared Zimmerman, 51, an Austrian, said she had been listening closely to him and found heart.

“His main message is if you have faith, you are never alone,” she said. That, she said, has a good chance of re-energizing Austria’s Catholics because it is a message “for everybody, the young, the old, everybody. We need religion.”



Categoria: Igreja Católica
Escrito por Luiz J. Marquart às 19h56
[] [envie esta mensagem]



Riscos políticos ameaçam economia global, diz estudo

http://www.bbcbrasil.com

03 de setembro, 2007 - 16h29 GMT (13h29 Brasília)

Marina Wenzel
De Hong Kong

Riscos políticos ameaçam economia global, diz estudo

Um estudo divulgado nesta segunda-feira pelo Fórum Econômico Mundial (FEM) conclui que ameaças políticas, e não econômicas, põem em risco o crescimento da economia global.

O estudo Global Growth @ Risk (Crescimento Global em Risco, em tradução livre) levantou a opinião de 30 especialistas entre empresários, acadêmicos e governo, para listar as incertezas que podem afetar o desempenho das economias internacionais nos próximos dez anos.

Entre os riscos apontados, preocupações econômicas como as chances de uma recessão nos Estados Unidos perderam destaque para as incertezas de ordem política.

O estudo do FEM enumerou como problemas políticos mais iminentes a distribuição de poder entre os Estados Unidos e emergentes, o desequilíbrio na relação comercial entre americanos e chineses, a necessidade de novas estratégias energéticas e o fortalecimento do nacionalismo.

O relatório também avaliou aspectos sociológicos e econômicos que podem desacelerar a economia mundial.

Encontro mundial

A divulgação do estudo ocorre às vésperas da abertura do "Encontro Inaugural dos Novos Campeões".

A partir de quinta-feira desta semana até sábado, líderes mundiais e empresários vão se reunir na cidade de Dalian, no nordeste da China, para discutir estratégias de crescimento e oportunidades para o que apelidaram de "novos campeões": empresas e indivíduos que se destacaram nos últimos anos por terem uma ascensão rápida em meio às turbulências da globalização.

Segundo o relatório, o mundo enfrenta o fim de uma ordem unipolar. E ainda que a liderança do Estados Unidos não tenha sido contestada por nenhuma outra potência, a "ascensão de China, Índia, Rússia e Brasil, numa escala menor, irá reformular a dinâmica de poder global".

Mas o ponto negativo para o crescimento econômico mundial desta competição entre emergentes e os Estados Unidos é a disputa por poder em áreas como a militar, que pode consumir recursos que deveriam ser empregados na produção e no comércio, principalmente em países como Rússia e China.

No caso da relação entre Washington e Pequim, há outro agravante, além da rivalidade geopolítica. O desequilíbrio na relação comercial entre os dois paises é notório e crônico, o que tem causado ações dentro e fora da Organização Mundial do Comércio (OMC) contra os chineses.

O déficit na balança americana está estimado em quase US$ 200 bilhões para este ano.

A falta de solução para este impasse entre Ocidente e Oriente pode atrasar o crescimento de ambos os lados do globo, indica o estudo.

Alem da já conhecida futura escassez de recursos como o petróleo, as escolhas erradas dos governos na hora de articular políticas energéticas também representam uma ameaça ao crescimento econômico mundial.

Entre os "pecados" cometidos nesta área, o relatório cita o que chama de decisões "não-econômicas", como a escolha por combustíveis "errados". Ou seja, energias que poluem ou não são eficientes na sua produção, como o "etanol feito de milho e carvão".

O fortalecimento dos sentimentos nacionalistas, que resulta em protecionismo é outro perigo que ronda o desenvolvimento global.

Fora a evidente ameaça do aumento de barreiras comerciais, as estatizações de setores estratégicos como energia são citadas como uma possível conseqüência do nacionalismo.

O dossiê menciona os casos recentes em que governos da Venezuela, Bolívia e Rússia encamparam operações de empresas na área de energia.

O relatório do FEM se limita a enumerar as impressões de especialistas, mas não sugere soluções.



Categoria: EUA: decadência
Escrito por Luiz J. Marquart às 09h40
[] [envie esta mensagem]



Catholic oasis in Florida

http://www.cnn.com/video/

Classificação:

Olá! Acesse o link de vídeos da CNN e procure a reportagem titulada acima. É impressionante a cidade católica idealizada pelo dono da Domino's Pizza. Surpreende mesmo.



Categoria: Link
Escrito por Luiz J. Marquart às 23h21
[] [envie esta mensagem]



A crise de fé de Maria Theresa de Calcutá

http://www.time.com/time/world/article/0,8599,1655415-1,00.html

Classificação:

Olá! Link para artigo da revista Times (em inglês) com surpreendentes revelações sobre a vida de Maria Teresa de Calcultá. Escritores revelam uma profunda crise de fé desta símbolo maior da igreja católica e de pessoa dedicada aos pobres. Boa leitura!



Categoria: Link
Escrito por Luiz J. Marquart às 08h36
[] [envie esta mensagem]



GOD'S WARRIOROS

http://www.cnn.com/SPECIALS/2007/gods.warriors/

Data: 21,22,23/08/07 - Hora: 9PM

Local: CNN

Programa especial da CNN. Guerreiros de Deus em tradução livre. O site dá acesso a uma breve apresentação do que será a reportagem conduzida Christiane Amapour.



Categoria: Evento
Escrito por Luiz J. Marquart às 19h34
[] [envie esta mensagem]



The religious state of Islamic science

http://www.salon.com/books/feature/2007/08/13/taner_edis/index.html

Classificação:

Entrevista com cientista turco trabalhando nos USA sobre o desenvolvimento atual da ciência nos países islâmicos e como o islamismo trava o seu progresso. Também discute-se evolucionismo x cisrtianismo x islamismo. Somente em inglês.



Categoria: Link
Escrito por Luiz J. Marquart às 09h34
[] [envie esta mensagem]



O sagrado e o humano - revista Prospect - uol

http://noticias.uol.com.br/midiaglobal/prospect/2007/08/09/ult2678u110.jhtm

Estudar o texto.



Categoria: Link
Escrito por Luiz J. Marquart às 15h54
[] [envie esta mensagem]



A REVOLUÇÃO AZUL

http://www2.uol.com.br/sciam/artigos/a_promessa_da_revolucao_azul.html

Classificação:

Jeffrey Sachs analisa a Revolução Azul dos oceanos como presente e futuro para alimentação mundial.



Categoria: Link
Escrito por Luiz J. Marquart às 17h50
[] [envie esta mensagem]



20 milhões desabrigados

postado http://www.bbc.co.uk/portuguese/reporterbbc/story/2007/08/070803_enchentessulasiabg.shtml

Enchentes na Índia, em Bangladesh e no Nepal já deixaram mais de 20 milhões de pessoas desabrigadas.

As fortes enchentes em vários países da Ásia também já mataram ao menos 150 pessoas, e não há perspectivas de que a situação vá melhorar nos próximos dias, já que a previsão é de ainda mais tempestades.

Como as chuvas continuam a atingir a região, especialmente o sul da Ásia, equipes de resgate estão tendo dificuldades em fornecer comida, água e outros bens essenciais para as vítimas.

Temporadas de enchentes são comuns nesta época do ano para a região, mas as chuvas deste ano provocaram algumas das piores ocorrências em duas décadas em partes da Índia, do Nepal e de Bangladesh.

Choques

As enchentes danificaram inúmeras estradas e pontes nesses países, dificultando o acesso de equipes de assistência às vítimas - muitas das quais estão ilhadas nos telhados de suas casas.

A previsão meteorológica é de que chuvas ainda mais intensas cairão nos próximos dias, principalmente na região central da Índia.

Até o momento, a região havia sido poupada pelas fortes chuvas.

As mais graves enchentes na Índia se deram nos Estados de Bihar, Uttar Padesh e Assam.

O Exército e a Força Área do país se uniram a times de resgate para auxiliar as vítimas, que até o momento chegam a 12 milhões de pessoas.

Mas muitas das pessoas atingidas pelas enchentes protestaram contra a escassez de alimentos e entraram em choque com policiais em diversos campos de refugiados, em Assam, onde a situação está mais grave.

A estrada que liga os sete Estados a Assam está alagada em diversos trechos e mais de 60 pontes na região caíram.

A impossibilidade de se locomover na região já perdura há uma semana.

'Casas ambulantes'

Em Bangladesh, milhares de famílias desabrigadas estão buscando refúgio em outras áreas do país, menos atingidas pelas chuvas.

Muitas delas estão levando paredes e telhados de suas casas, a fim de reconstruí-las em outros locais.

No Nepal, a Cruz Vermelha disse que, além de enchentes, as chuvas causaram também deslizamentos, e atingiram duramente diversos distritos da região de Terai – a mais populosa e com a mais próspera agricultura do Nepal.

O tempo vem melhorando no país, mas os estoques de comida estão acabando e existe um risco de que águas poluídas possam causar doenças e prejudicar colheitas em caráter permanente.

O governo do Nepal deverá pedir nesta sexta-feira uma ajuda adicional para comunidade internacional.



Categoria: Natureza dá sinais
Escrito por Luiz J. Marquart às 10h07
[] [envie esta mensagem]



Princesa da Noruega diz que pode 'falar com anjos'

postado http://www.bbc.co.uk/portuguese/noticias/story/2007/07/070725_princesanoruegaanjosfn.shtml

25 de julho, 2007 - 22h13 GMT (19h13 Brasília)

Princesa da Noruega diz que pode 'falar com anjos'

A princesa Martha Louise, da Noruega, afirmou que tem poderes psíquicos e pode ensinar as pessoas a se comunicarem com anjos.

A filha do Rei Harald e da Rainha Sonja, de 35 anos, fez o anúncio em uma página na internet que promove seus planos para a criação de um novo centro de terapia alternativa.

Martha Louise afirma que percebeu que poderia ler os sentimentos mais interiores das pessoas quando ainda era criança e que sua experiência com cavalos ajudou no contato com anjos.

A princesa Martha Louise é a quarta na linha de sucessão ao trono da Noruega.

O Palácio Real afirmou que não tem ligações oficiais com os planos de um centro de terapia alternativa da princesa, segundo a agência de notícias AFP.

A princesa, que tem formação como fisioterapeuta, afirmou no website para seu Centro de Educação Astarte que ela "sempre se interessou em formas de tratamento alternativas".

Martha Louise afirma que os estudantes de seu centro vão aprender "como criar milagres" em suas vidas e a conduzir os poderes de seus anjos, os quais ela descreve como "forças que nos cercam e que são fonte e ajuda em todos os aspectos de nossas vidas".

"Quando cuidei de cavalos entrei em contato com anjos. Ultimamente tenho compreendido o valor deste dom importante e quero dividir isto com outras pessoas, talvez com você", afirmou a princesa.

Um programa de três anos no centro planejado pela princesa Martha Louise custa 24 mil coroas norueguesas (cerca de R$ 7,6 mil).



Escrito por Luiz J. Marquart às 10h15
[] [envie esta mensagem]



Dominus Jesus e Responses sob análise do Bacchiocchi

O pastor aposentado e brilhante teólogo adventista Sammuelle Bacchiocchi analisa os textos recentemente publicados pelo Vaticano. O mais recente, Responses, com base no anterior Dominus Jesus, afirma que a igreja católica é a única representante de Cristo e somente por lea é possível alcançar-se a salvação.

Bacchiocchi analisa os fundamentos desta idéia católica (Pedro é a pedra...), a sucessão apostólica reivindicada pelo papa, a não liderança de Pedro na igreja apostólica, os "buracos" na linha sucessória dos papas e a eucaristia católica.

A seguir alguns pequenos trechos deste texto. O estudo completo você acessa clicando aqui.

 "Times Online, a leading British news source, wrote: "Protestants at the extreme evangelical end of the Anglican spectrum accused Rome of a 'lust for power.' while welcoming the honesty of the document [Response]."  Indeed, credit must be given to Benedict XVI  for clearly stating in two major documents, Dominus Iesus and Responses. his exclusivistic view of the Catholic Church as the only true church that offers the means of salvation. Such preposterous claim is clearly negated by Scripture that teaches us that salvation is not a dispensation of the church, but a disposition of the believer.
...

The absolutistic Vatican Declarations of Dominus Iesus and Responses that salvation for any persons is ultimately possible only through the channels of grace entrusted to the Catholic Church, stands in stark contrast with the interfaith dialogue fostered by Vatican II and the ceaseless efforts of Pope John Paul II to become the undisputed spiritual leader of mankind by reaching out to people of all faiths.

...

Benedict XVI is sounding a timely and legitimate warning against the danger of moral relativism that has become so pervasive in our Western society. This problem  affects even our own Seventh-day Adventist church. An increasing number of our members are questioning the moral standards of our Adventist church, choosing instead to live by their own subjective values.
...

 The fact that these documents go into great length to reiterate this traditional Catholic teaching, goes to show that after all Ellen White was right when she wrote: "Rome never changes. Her principles have not altered in the least. She has not lessened the breach between herself and Protestants; they have done all the advancing. But what does this argue for the Protestantism of this day? It is the rejection of Bible truth which makes men approach to infidelity. It is a backsliding church that lessens the distance between itself and the Papacy" (Signs of the Times, Feb. 19, 1894, par. 4). Benedict XVI is a living and compelling example of the truth that "Rome never changes."

...

Conclusion

   The foregoing reflections on Benedict XVI declarations found in Dominus Iesus and Responses, have served to highlight the Catholic attempt to make salvation a dispensation of the church, rather than a disposition of the believer. By claiming to be the only church that has the apostolic succession and consequently the right to dispense salvation, the Catholic church is deceiving million of sincere people into believing that there is no salvation outside the Catholic Church (no salus extra ecclesia). From a prophetic perspective, this deception represents the endtime efforts of the Dragon, Sea-beast, and Land-Beast to lead the whole world into the false worship of God.

     Our only safeguard against deceptive teachings, is familiarity with the teachings of the Word of God. The Bible makes it abundantly clear that the church is not a hierarchical organization that has the right to dispense salvation, but a community of believers called to "declare the wonderful deeds of him who called you [us] out of darkness into his marvellous light" (1 Pet 1:9)."


 



Categoria: Igreja Católica
Escrito por Luiz J. Marquart às 11h13
[] [envie esta mensagem]



Adventists Call Catholic Claim Nothing More Than Tradition

Olá! Leiam (em inglês) comentário oficial da IASD a respeito do documento papal sobre a Igreja Católica ser a única igreja de Cristo.

Publicado em email da ANN Buletin de 17/07/07:

Adventists Call Catholic Claim Nothing More Than Tradition
Silver Spring, Maryland, United States .... [Ansel Oliver/ANN]
-------------------------------------------------------
For those wondering which religion is the one true faith, the Vatican
has once again offered its traditional response.

A statement released by the Roman Catholic Church saying Protestant
denominations are not true churches is drawing criticism from other
faith groups, including Seventh-day Adventists, many who say the
sentiments expressed are nothing new.

The document, approved by Pope Benedict XVI July 10, said Protestant
communities "cannot, according to Catholic doctrine, be called
'Churches' in the proper sense," lacking apostolic succession, or the
ability to trace leadership back to Christ's original disciples.

Adventist Church leaders said the statement merely clarified the
Catholic Church's traditional position.

"There's nothing surprising here," said Kwabena Donkor, associate
director of the Adventist Church's Biblical Research Institute.

"Following Vatican II, the modernization meetings of the Catholic
Church in the 1960s, some people had the impression that there were
some significant changes in the Catholic Church," Donkor said. "But
there hasn't been.

"As Seventh-day Adventists, our understanding of the church is
completely different," Donkor said. "We don't identify the church as
being Christ with the pope as the head."

Other Protestant leaders expressed disappointment regarding the
Catholic Church's use of semantics in defining their position.

The Associated Press reported Lutheran Bishop Wolfgang Huber, the top
Protestant cleric in Benedict's homeland, Germany, saying the Catholic
Church could have chosen phrases that would have better maintained
bridges for ongoing inter-faith dialogue.

In a statement titled "Lost Chance," Huber said it would have been
sufficient for the Catholic Church to refer to Protestant communities
as "not churches in the sense required here" or "churches of another
type" the AP reported.

"Such statements from the Vatican do not disappoint or affect
Adventists," said John Graz, director of the Adventist Church's Public
Affairs and Religious Liberty department.

Graz said the Adventist Church has always been reluctant to join in the
ecumenical movement but believes in "unity in spirit, unity in
faithfulness to the scriptures and unity in love.

"Adventists favor good relations and religious freedom for all," Graz
said.



Categoria: Igreja Católica
Escrito por Luiz J. Marquart às 11h01
[] [envie esta mensagem]



Lula continua a negociar com o Vaticano

http://www1.folha.uol.com.br/folha/colunas/brasiliaonline/ult2307u312047.shtml

Classificação:

Lembam-se das reivindicações do papa durante sua recente visita ao Brasil (maio/2007)? As negociações continuam. Clique no link e saiba mais. Boa leitura!



Categoria: Link
Escrito por Luiz J. Marquart às 18h53
[] [envie esta mensagem]



Atentem para a 5a questão do documento papal

 

Quinta questão: Por que razão os textos do Concílio e do subsequente Magistério não atribuem o título de "Igreja" às comunidades cristãs nascidas da Reforma do século XVI?

Resposta: Porque, segundo a doutrina católica, tais comunidades não têm a sucessão apostólica no sacramento da Ordem e, por isso, estão privadas de um elemento essencial constitutivo da Igreja. Ditas comunidades eclesiais que, sobretudo pela falta do sacerdócio sacramental, não conservam a genuína e íntegra substância do Mistério eucarístico[19], não podem, segundo a doutrina católica, ser chamadas "Igrejas" em sentido próprio[20].

O Santo Padre Bento XVI, na Audiência concedida ao abaixo-assinado Cardeal Prefeito da Congregação para a Doutrina da Fé, ratificou e confirmou estas Respostas, decididas na Sessão ordinária desta Congregação, mandando que sejam publicadas.

Fonte: http://www.vatican.va/roman_curia/congregations/cfaith/documents/rc_con_cfaith_doc_20070629_responsa-quaestiones_po.html



Escrito por Luiz J. Marquart às 11h49
[] [envie esta mensagem]




[ ver mensagens anteriores ]